O que está por trás de um perfume?

Todas as fragrâncias escondem um nariz ou perfumista que as criou

Mas como é formado? Quantos aromas você consegue distinguir? Bem, existe uma escola de renome mundial, a IFIPCA, em Versalhes, França. Lá, são ministradas diferentes profissões relacionadas ao mundo dos aromas. Um bom nariz é fundamental, mas também a mente, a criatividade e a visão. A memória é a chave para reconhecer cheiros e os perfumistas a treinam muito. Os aromas preferidos dos especialistas são quase sempre os florais e claro, tendem a ser grandes fãs da gastronomia, onde existe um universo de cheiros quase tão grande como no seu campo. Às vezes, este mundo culinário até funciona como inspiração. Em última análise, trata-se de emoções. Do que cada aroma pode despertar e assim, trabalham criando fusões que às vezes se tornam identificáveis ​​para uma pessoa se a adotar por anos.

É uma profissão em que o cuidado com a ferramenta de trabalho, ou seja, com o nariz, é fundamental. Fumar é desencorajado e os grandes perfumistas admitem que costumam colocar algumas gotas de água do mar em cada narina.

Um perfume é criado, então, por meio de uma fórmula desenhada por um nariz que mistura elementos básicos, que são naturais e sintéticos, e que em laboratório, posteriormente, será adicionado álcool na proporção certa.

Curiosamente, esses perfumistas costumam usar fragrâncias na roupa e não na pele, a não ser que seja uma pele muito fresca, que dê essa sensação, e nesse caso, colocam na região do peito.

Artículos recomendados

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *